As partituras neste blog podem ser reproduzidas e utilizadas para a execução musical livremente desde que sem fins lucrativos. Recomendo apenas que se divulgue de onde foram retiradas para que mais pessoas possam ter acesso a todo o material disponível.

Curta nossa página no facebook :

http://www.facebook.com/inspiradonogregoriano

Siga-nos no twitter:
http://twitter.com/insp_gregoriano

Se inscreva no canal do youtube

Se preferir siga nossa coleção no google + para visualizar as partituras. Ou nosso perfil no google + para seguir os vídeos publicados via youtube.

Os links para download de pdfs que estão em algumas postagens são da página associada:
https://sites.google.com/site/inspiradonogregoriano/ quem preferir pode acessá-la diretamente na seção download e baixar por lá os pdfs, também há nela feed mostrando as últimas postagens do blog.



sexta-feira, 27 de julho de 2012

Folheto com ordinário completo (Ato p., Glória, Santo, Cordeiro) - inspirado na Missa VIII - pdf

DOWNLOAD PDF 

Notação Vaticana "quadrada" - Ordinário de missa (partes fixas) Ato penitencial, Glória, Santo e Cordeiro de Deus - folheto

Folheto em uma página A4 frente-e-verso para ser dobrada ao meio contendo as músicas do ordinário (Ato Penitencial, Glória, Santo, Cordeiro de Deus) inspiradas nas melodias da missa gregoriana VIII "de Angelis".

Descobri uma maneira de colocar arquivos pdf para download no blog (através do google sites) além da opção de postar o link para a pasta do 4shared. Então alguns arquivos mais importantes colocarei em pdf além de jpg (folhetos com mais de uma música) e alguns arquivos apenas disponibilizarei em pdf (mais tarde quando o trabalho estiver mais adiantado um pdf com todas as adaptações para o ordinário de missa, por exemplo, ou todos os próprios ou todas as músicas inspiradas no graduale romanum, ou arquivos com várias páginas contendo todas as músicas de uma missa em notação moderna, arquivos com todos os próprios de um dia litúrgico específico, etc.).

DOWNLOAD FOLHETO

6 comentários:

  1. Excelente trabalho, Lincoln! Há tempos eu venho buscando por um trabalho como este para os cantos do Ordinário da Missa.

    Eu tomei a liberdade de transcrever algumas das suas partituras para notação GABC, fazendo alguns pequenos ajustes que eu considero interessantes para o uso particular com o meu coral infanto-juvenil (por exemplo, separar as sílabas "pi-e" de "piedade" na maioria das vezes).

    Não sei se você conhece a notação GABC, bem como os softwares disponíveis para processamento de arquivos GABC, mas é possível obter um resultado final de excelente qualidade. Eu disponibilizei meus arquivos no GitHub, caso você queira dar uma olhada:

    https://github.com/lbssousa/ordinario-lincolnh-gabc.git

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fui procurar estes dias por material do Graduale Simplex e achei um site que disponibilizava em GABC e indicava um link para uma página que online fazia a conversão para pdf.

      Não tenho a menor idéia de como escrever em GABC; estou usando o software Gregoire para edição das partituras em notação "quadrada" - ele tem um sistema intuitivo e visual e os arquivos são exportados em desenho "em curvas", então podem ser editados à vontade numa página do coreldraw ou ilustrator ou serem importados no word.

      É interessante pela facilidade e liberdade na hora de elaborar o layout de uma página mas ao mesmo tempo é chato porque na verdade exige este trabalho extra no corel (os espaçamentos ficam ruins se você não arruma no corel e os tetragramas não ficam uniformes, é necessário alterar o tamanho das linhas no corel para que dois tetragramas fiquem do mesmo tamanho).

      Fique à vontade para alterar como quiser desde que o resultado fique bom e adequado em relação ao gregoriano e à língua portuguesa, aliás qualquer sugestão para que eu altere alguma coisa é bem vinda - não tive e nem tenho a pretensão de me colocar como autor das músicas (meu nome só aparece no blog) porque na verdade até agora foi mais um trabalho de arranjo a partir do material original do que de composição, e o gregoriano pertence à Igreja, não é obra de um indivíduo.

      Olhei agora no site que transforma a notação GABC: realmente a qualidade gráfica e visual é excelente, achei bem adequada a sua modificação no Kyrie VIII que foi a que eu vi até agora. Fica então mais de uma opção para aquele pequeno trecho da melodia, aliás esse tipo de coisa acontecia na Idade Média com o canto gregoriano: as fontes paleográficas mostram algumas variações locais e havia também improviso ornamental.

      Laércio, dei uma olhada também no glória VIII, só acho que aquele amém ficou difícil o pulo do "A" para o "mém", acho que ficaria melhor com uma nota sol a mais depois do segundo lá no "A" preparando para o "sol" da sílaba "mém".

      Na notação GABC é possível usar aqueles sinais recentemente inventados para possibilitar notação quadrada mais próxima da notação de St Gall? (oriscus, salicus, apostropha, liquescente aumentativa, etc.)

      Excluir
    2. Ah e quando o trabalho de composição estiver mais adiantado, se eu não souber até lá lidar com o GABC talvez seja interessante o vosso auxílio para elaborar um arquivo com todas as partituras formando uma espécie de Graduale Brasiliensis.

      Excluir
  2. Quando tiver um tempinho, dê uma olhada nesta adaptação que eu fiz para o hino Veni Creator Spiritus, que pretendo utilizar a partir da Festa do Divino Espírito Santo do ano que vem, na minha paróquia. No caso, como a versão em português da Liturgia das Horas possui praticamente a mesma métrica do original latino, eu consegui transcrever o texto sem suprimir nem adicionar nenhuma nota, apenas reorganizando os neumas conforme o caso.

    No entanto, restaram algumas elisões (... sois chamado o_Intercessor ..., ... o fogo,_o_amor ..., enchei de_amor ...) que eu gostaria de eliminar, mas não sei como. O que você sugere?

    Segue abaixo o código GABC. É só copiar e colar naquele site.

    name:Veni Creator Spiritus;
    %%
    (c3)OH,(e) vin(f) de,(e) Es(d)pí(e)ri(f)to(e) Cri(h')a(i)dor,(h.) (;)
    As(h) nos(e')sas(f) al(gi)mas(h) vi(i')si(j)tai(i.) (:)
    e(h) en(i)chei(jh) os(g) nos(fe)sos(ij) co(e')ra(f)ções(h.) (;)
    com(gh) vos(fe)sos(d) dons(f) ce(f)les(g)ti(f)ais.(ede.) (::)

    2. Vós(ef) sois(e) cha(d)ma(e)do(f) o_In(e)ter(h')ces(i)sor,(h.) (;)
    do(h) Deus(e') ex(f)cel(g)so(i) o(h) dom(i') sem(j) par,(i.) (:)
    A(h) fon(ij)te(hg) vi(fe)va,(i) o(j) fo(e')go,_o_a(f)mor,(h.) (;)
    A(g) un(h) ção(fe) di(d)vi(f)na(fg) e(f) sa(e')lu(d)tar.(e.) (::)

    3. Sois(ef) do(e)a(d)dor(e) dos(fe) se(h')te(i) dons,(h.) (;)
    E(h) sois(e') po(f)der(gi) na(h) mão(i') do(j) Pai.(i.) (:)
    Por(hi) E(j)le(hg) pro(f)me(e)ti(ij)do(e') a(f) nós,(h.) (;)
    por(gh) nós(f) seus(ed) fei(f)tos(f) pro(g)cla(f)mais(ede.) (::)

    4. A(ef) nos(e)sa(d) men(e)te(f) i(e)lu(h')mi(i)nai,(h.) (;)
    Os(h) co(e')ra(f)ções(g) en(ih)chei(i') de_a(j)mor,(i.) (:)
    nos(hi)sa(j) fra(hg)que(fe)za(i) en(j)co(e')ra(f)jai(h.) (;)
    qual(gh) for(f)ça(e) e(d)ter(f)na(fg) e(f) pro(e')te(d)tor.(e.) (::)

    5. Nos(e)so(f) i(e)ni(d)mi(ef)go(e) re(h')pe(i)li(h.) (;)
    e(h) con(e')ce(f)dei-(gi)nos(h) vos(i')sa(j) paz;(i.) (:)
    se(h) pe(ij)la(hg) gra(fe)ça(ij) nos(e') gui(f)ais,(h.) (;)
    o(gh) mal(f) dei(ed)xa(f)mos(fgf) pa(e')ra(d) trás.(e.) (::)

    6. Ao(e) Pai(f) e(e) ao(d) Fi(ef)lho(e) Sal(h')va(i)dor(h.) (;)
    por(h) vós(e') pos(f)sa(gi)mos(h) co(i')nhe(j)cer.(i.) (:)
    Que(hi) pro(jh)ce(g)deis(fe) do(ij) seu(e') a(f)mor(h.) (;)
    fa(gh)zei-(fe)nos(d) sem(f)pre(f) fir(g)mes(f) crer.(ede.) (::)

    A(efe)mém.(d.e.) (::)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu fosse manter todas as notas e evitar todas as elisões faria assim nestes trechos para realçar melhor algumas sílabas tônicas e deixar mais fluente a linha melódica:

      as nosa-as almas visitai
      e e-enchei os no-osso-os corações...

      vós(sol) sois(lá) cha(sol)ma(fa)do(sol) o(la) in(sol)ter(dó)ce(re)ssor(do)...

      a(do) fon(re)te(mi) vi(do)-i(si) va(la) o(sol) fo(re)go(mi) o(sol) a(la)mor(do)...

      e sois po-oder...
      por e-ele prome-eti-ido a nós..

      po-or nós se-e-eus fei-tos proclamais.

      o-os corações enchei dea mor (ou se prefere sem elisão:
      os corações enchei de amor.

      nossa-a fra-a...

      que pro-oce-ede-eis...

      sempre-e-e firmes crer.

      Mas eu ainda acho melhor cortar algumas notas e assim adequar melhor às acentuações rítmicas do português, também não vejo problemas em que haja elisões desde que não muitas e que o texto fique inteligível. Eu por exemplo simplificaria a penúltima linha melódica: e en("ien"- dó) chei(ré) os(mi) no(dó)ssos(re) co(sol)ra(lá)ções(dó).

      Algo que acho importante é colocar alguns episemas horizontais para evitar deslocamento de acentuação e realçar a melodia(em nossos corações nas notas no-o da palavra nossos, por exemplo).

      Excluir
  3. Lincoln, parabéns pelo belo trabalho!
    Continue assim!
    Abraço!
    Antonio Pessotti

    ResponderExcluir